Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas

Sálix Engenharia investe em PESQUISA e INOVAÇÃO.

Com seu projeto para reduzir o risco de contaminação de hospitais causada por canteiros de obras, a Sálix receberá financiamento junto à FAPESP – Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, uma das principais agências brasileiras de fomento à pesquisa científica e tecnológica.

Solidificando a estratégia em diferenciação, em um mercado de construção, que normalmente é balizado por uma política de preço, a Sálix Engenharia investe em PESQUISA e INOVAÇÃO para atender seus clientes de maneira única e cada vez mais qualificada.

O projeto intitulado: QUALIDADE DO AR EM REFORMAS HOSPITALARES – Ações aplicadas em canteiros de obras dentro de hospitais para conter a dissipação do fungo Aspergillus e reduzir infecções hospitalares, foi selecionado e receberá apoio técnico e financeiro da FAPESP.

O programa de fomento do Governo do Estado de São Paulo possui como objetivo apoiar a pesquisa em ciência e tecnologia como instrumento para promover a inovação e incrementar a contribuição para o DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL.

Com equipe composta pelos colaboradores da Sálix, coordenados pelo Prof. Dr. Racine T. A. Prado, professor da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, o projeto terá como desafio buscar soluções, e mensurá-las dentro de um ambiente hospitalar, para conter nos canteiros de obra a dissipação de fungos causadores de infecção hospitalar.

Serão realizadas medições da qualidade do ar em hospitais que estejam passando por reformas e testadas diversas soluções que serão aplicadas em canteiros de obras para quantificar a efetividade das mesmas.

Com os resultados da pesquisa, espera-se poder alertar a sociedade dos reais riscos que reformas hospitalares podem causar à saúde de pacientes. O material científico produzido deverá suprir empresas de engenharia e departamentos de controle de infecção hospitalar.

`Nosso objetivo com o estudo é buscar soluções para canteiros de obras hospitalares economicamente viáveis e com impacto significativo para a sociedade, minimizando os prejuízos à saúde da população com a redução do número de INFECÇÕES HOSPITALARES` concluiu João Paulo Torres, diretor da Sálix.

#arquitetura #inovação #projetoshospitalares #meioambiente

Posts Em Destaque
Posts Recentes